Blog

Bicicleta

França década de 1920

 

 

 

            Utilizar a bicicleta como meio de transporte é muito comum em diversas cidades europeias, e ultimamente vem ganhando cada vez mais força na nossa cidade de São Paulo.

 

            A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda a prática de pelo menos 2 horas e 30 minutos de exercícios aeróbios moderados para que tenhamos diversos benefícios físicos, como a melhora da pressão arterial e da obesidade, e a diminuição de doenças crônicas como diabetes e mesmo o câncer. Existe também claramente um benefício direto emocional, com sensação de bem-estar e diminuição da incidência de depressão. Por fim, benefícios indiretos são igualmente alcançados, como a melhora do ar que respiramos.

 

            Pedalando de uma maneira moderada estaremos fortalecendo diversos músculos do corpo humano, principalmente músculos das coxas, pernas e coluna vertebral. Mas mesmo músculos dos membros superiores e da região abdominal são também trabalhados.

 

            Frizemos, entretanto, a importância de se realizar exercícios moderados! Há muito tempo já falava o filósofo Aristóteles sobre o meio termo, consagrando a “Doutrina do Meio Termo”. Tudo o que estivesse fora do meio termo, para mais ou para menos, era considerado um vício, estando inadequado.

 

            Desta maneira, exercícios feitos de uma maneira intensa e exagerada, ao invés de benéficos, serão maléficos, sobrecarregando os músculos e as articulações. Quando falamos do ciclismo, as principais regiões sobrecarregadas são os joelhos, os quadris e a coluna vertebral. Podem surgir lesões de menor gravidade, como tendinites e bursites nos joelhos e quadris, ou discopatias (doenças do disco intervertebral) na coluna. Mas lesões mais sérias também podem ocorrer, como compressões de raízes neurológicas na coluna (ciatalgia) e desgastes das cartilagens articulares dos quadris e joelhos (osteoartrose).

 

            Para prevenir estas patologias, além de evitar os exageros, é importante pedalar sempre com uma postura adequada, e manter uma rotina de fortalecimento e alongamento muscular de todo o corpo, principalmente das regiões mencionadas.

 

            Por fim, não podemos esquecer de mencionar que o ciclista que pedala em uma cidade como a nossa está sempre sujeito a acidentes, quer seja colisões com outros veículos, ou mesmo quedas nas ciclovias.

 

            Assim, ficam as dicas:

 

            - Pedale de uma maneira moderada, evite exageros;

            - Cuidado com a postura ao pedalar, ela não deve forçar as articulações;

            - Mantenha sempre uma rotina de fortalecimento e alongamento muscular;

            - Preste muita atenção no trânsito.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

O Quadril no Futebol

1/4
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Posts Recentes
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon
  • Cinzento Ícone Google+
  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon